29 de ago de 2014

A menina que roubava livros #Markus Zusak

A menina que roubava livros
Editora: Editora Intrínseca
Autor: Markus Zusak

A história da protagonista Liesel Meminger é contada por uma narradora nada comum, porém surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas. A mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O irmão de Liesel morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai se encarregar de pegar ao longo dos anos. O livro é o único vínculo com sua família, que ela ainda nem sabe que obra é essa pois não sabe ler.

Ela faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros para contar a sua parte naquela História.
 Eu li esse livro no começo do ano, pois queria ler antes da estréia do filme, bom demorei pra fazer a resenha pois confesso que achei o livro muito cansativo, a história é boa mas a narrativa ficou pesada ao contar a História da Segunda Guerra, realmente empurrei com a barriga esta leitura e quando acabei até desanimei de assistir o filme, porém me esforcei e fui assistir o filme e ao contrario do livro me fez amar a história e conseguir entender bem todos os pontos. Essa foi a única vez que gosto do filme muito mais que do livro.

O fato da história se narrada pela MORTE  nos mostra uma personagem que nos faz refletir bastante, o quão duro é o seu trabalho, viajando pelo mundo, colhendo almas de pessoas que muitas vezes não deveriam ter morrido tão cedo, além de gostar de cores, sentir temperatura, odores e gostar de nomes.

Posso dizer que pra mim o livro deixou a desejar, mas indico o filme pra quem ainda não viu é uma história muito boa. Pareço terminar esta resenha sem graça, mas é assim gostei do filme e não curti o livro.



Links relacionados:

Nenhum comentário:

Postar um comentário









Curta nossa Fanpage!