3 de fev de 2015

Todas as coisas que eu já fiz - Gabrielle Zevin

Título:  Todas as coisas que eu já fiz (Trilogia Birthright - Livro 01)
Título Original: 

Autor: 
Gabrielle Zevin
Ano: 2012
Páginas: 384
Editora:  Rocco

Classificação: 5 Estrelas (de 5 Estrelas)  Skoob














Sinopse: Nova York não é um lugar bacana no ano de 2083. Chocolate e café são ilegais, a água é cara e os banhos não podem ultrapassar 90 segundos, a comida é racionada, ninguém tem permissão para ter celulares, e-mails são pagos e todos os menores de 18 anos têm de obedecer a um rígido toque de recolher.


Anya é filha de Leonyd Balanchine, um dos grandes chefões do crime organizado, cabeça da Balanchine Chocolate, responsável pela distribuição ilegal de chocolate e outras coisas mais, como tráfico de armas e operações pouco nobres no mercado negro. Leonyd morreu anos atrás, mas até hoje sua influência é sentida pela jovem, que apesar de querer distância dos negócios da família constantemente se vê recorrendo aos ensinamentos do pai para lidar com as situações que tem que enfrentar. E a vida de Anya não é fácil. Aos 16 anos, é ela quem cuida da avó, presa a uma cama, alimentada por tubos e definhando lentamente; do irmão, Leo, um doce rapaz de 19 anos com mentalidade de 8 desde que viu a mãe ser assassinada na sua frente; e da irmã Natty, 12 anos e verdadeiro prodígio da matemática. Entre as obrigações em casa e as tarefas da escola, Anya não tem muito tempo para se meter em encrencas sérias.



Mas tudo muda quando ela é acusada de envenenar com uma barra de chocolate seu ex-namorado, Gable Arsley. O rapaz espalhou boatos maldosos sobre Anya, razão mais que suficiente para a jovem ser considerada culpada, sobretudo quando é comprovado que a origem do chocolate está na família Balanchine. Sem nunca perder a cabeça e determinada a provar sua inocência, Anya começa a descobrir que por mais que tente é difícil fugir de sua herança: os Balanchine estão por trás de seus problemas com a lei, e ela se vê presa aos intricados negócios de seus tios e primos, gente que até gosta dela, mas que fará quase tudo para se dar bem e conseguir o que deseja.



A situação fica ainda mais complicada quando Anya se vê cada vez mais envolvida com Win Delacroix. Garoto romântico e encantador que faz lindos planos como, por exemplo, se casar com Anya, ele tem o grave defeito de ser filho de Charles Delacroix, promotor de Justiça que não quer saber de qualquer tipo de ligação com os Balanchine. Forçada a defender seus interesses e a tomar atitudes que vão contra o que acredita, cabe à menina proteger seus irmãos e impedir que seus parentes acabem destruindo uns aos outros. Nessa batalha, Anya terá a companhia de sua melhor amiga, Scarlet, mas terá que contar com seu próprio talento para a liderança e vocação para a estratégia para salvar o que ainda resta de sua família, em todos os sentidos, ainda que o preço a pagar seja alto demais.


Uma garota com tantas responsabilidades e vivendo em um tempo onde tudo ou quase tudo é proibido.


“SE ACABAREI ME TORNANDO HERÓI DA MINHA PRÓPRIA HISTÓRIA OU SE ESSE LUGAR SERÁ TOMADO POR OUTRA PESSOA, AS PRÓXIMAS PÁGINAS DIRÃO.”
-CHARLES DICKENS, DAVID COPPERFIELD

Anya é uma garota órfã que vive com sua avó que está muito velha e doente, seu irmão mais velho tem alguns problemas e sua irmã mais nova... é ela quem tem o comando da casa nas mãos, ainda vive o conflite ter seu nome ligado ao crime organizado onde seu pai era o chefe, negócios este que ela quer distância mas que a persegue por onde ela vá deixando todos as pessoas que estão a sua volta em perigo.

Viver numa época em que o chocolate e o café são proibidos e que a água é cara me faz pensar que este pode ser o nosso futuro não tão distante e em diversas vezes lendo trechos dos livros vi e vivi coisas ali descritas como se a história fosse atual, Anya vê seu nome envolvido em um atentado contra seu ex-namorado e por conta disso tem que passar por uma situação difícil sendo ela uma adolescente, na escola está tentando terminar os estudo ignorando seu sobrenome e seu passado, vive um romance fofo porém proibido e vice os conflitos que todos os adolescentes vivem porém no caso de Anya tudo tem uma intensidade maior.

Essa história é daquelas que você não espera muito, mais uma história de como cada um imagina que será o futuro, mas de todas que já li esta foi a mais realista, me deixando aflita e ansiosa a cada página, fez com que eu parece em vários momentos e refletisse sobre tudo que está acontecendo em relação a água na nossa situação atual e me fez imaginar e viajar se estamos bem próximos de viver o que está neste livro. Simplesmente me prendeu este livro.

“NOSSO MAIOR MEDO NÃO É SERMOS INADEQUADOS, MAS PODEROSOS ACIMA DA MEDIDA.”

Bjinhos no coração<3



Links relacionados:


Nenhum comentário:

Postar um comentário









Curta nossa Fanpage!